Acervo
Vídeos
Galeria
Projetos


Notícias e Eventos

V SEMINÁRIO INTERNACIONAL DIREITOS HUMANOS, VIOLÊNCIA E POBREZA: A SITUAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA AMÉRICA LATINA

V SEMINÁRIO INTERNACIONAL DIREITOS HUMANOS, VIOLÊNCIA E POBREZA: A SITUAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA AMÉRICA LATINA

LOCAL:

Sessão Seminário Permanente PLEIC: Instituto de Investigações Gino Germani (a confirmar)

Plenária V Seminário Internacional: Biblioteca Nacional (a confirmar)

DATAS: 26, 27 e 28 de Novembro de 2014.

A Revista de Ciências Humanas está permanentemente aberta para publicações

Revista de Ciências Humanas, periódico do Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado em Educação, da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões participa aos interessados que está permanentemente aberta para publicações.

Na seção dossiês serão tratados os seguintes temas:

GESTÃO ESCOLAR E AVALIAÇÃO EM LARGA ESCALA

Revista Textura da ULBRA está recebendo artigos para publicação em 2014

Revista Textura da ULBRA é um periódico online quadrimestral, voltado para a publicação de artigos inéditos resultantes de pesquisas ou ensaios nas áreas de Letras e Educação. Publica dossiês e artigos de demanda contínua, em português ou espanhol.

A revista está recendo artigos para a publicação em 2014. Interessados deverão acessar o site.

SNJ e Ipea abrem edital para contratação de pesquisadores

Em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) convoca pesquisadores para participarem do projeto “Subsídios ao Acompanhamento e Análise da Política Pública de Juventude”. Ao todo são 6 (seis) vagas: 2 (duas) para assistentes de pesquisa com graduação, 3 (três) para assistentes de pesquisa com mestrado e 1 (uma) para pesquisador doutor.

Entrevista com Domingos Leite Lima Filho sobre o pacto nacional de fortalecimento do ensino médio

Na entrevista concedida à Revista Educação e Linguagens, Domingos Leite Lima Filho discorreu sobre algumas questões do programa de formação continuada denominado Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio.

Tubarões e Peixinhos: histórias de jovens protagonistas artigo de Livia De TommasiII

Artigo da Revista Educação e Pesquisa, autora Livia De TommasiII

Educ. Pesqui. Vol 40 No.2 São Paulo abr./jun.2014

No dia 28 de Maio foi aprovado o texto base do Plano Nacional da Educação (PNE), em Brasília. Veja versão do PNE encaminhada para a presidente.

No dia 28 de Maio a Câmara dos Deputados concluiu a votação do Plano Nacional de Educação - PNE (Projeto de Lei 8.035/2010).  O PNE com vigência para os próximos 10 anos será o primeiro plano fruto de uma Conferência Nacional de Educação com ampla participação da sociedade civil, realizada em março de 2010, em Brasília.

Mais de 8,5 milhões de estudantes da educação básica estão com atraso escolar de dois anos ou mais. Os dados sobre distorção idade-série 2013 já estão disponíveis no QEdu

No Brasil, toda criança deveria ingressar no 1º ano do ensino fundamental aos 6 anos de idade, encerrando esta etapa aos 14 anos. Após esse período, ela permaneceria por mais 3 anos no ensino médio, concluindo a educação básica aos 17 anos de idade. A realidade, porém, é que 6,1 milhões dos estudantes do fundamental (21%) e 2,4 milhões de estudantes do ensino médio (29,5%) não estão na série correta.

Observatório Jovem entrevista Marcos Marques

Marcos Marques é Bacharel em Ciências Sociais e em Comunicação Social com mestrado em Ciência Política e doutorado em Educação Brasileira pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Atua como Professor Adjunto de Sociologia da Educação e de Educação do Campo no Curso de Pedagogia do Instituto de Educação de Angra dos Reis (IEAR) e no Programa de Pós-graduação em Educação da UFF no campo de confluência "Filosofia, Estética e Sociedade".

IX Simpósio Educação e Sociedade Contemporânea: Desafios e Propostas

Período: de 20/05/2014 a 25/08/2014.

 

Apresentação

O IX Simpósio Educação e Sociedade Contemporânea: desafios e propostas, a ser realizado pelo Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira – CAp-UERJ – no período de 4 a 6 de setembro de 2014, no CAp-UERJ, tem como tema A ESCOLA E SEUS SENTIDOS. Nesse contexto, seu objetivo geral é promover a reflexão e o debate acerca de temas relacionados às questões educacionais e escolares e seus impactos nos currículos praticados e na formação de professores.

Articulam-se ao tema geral A ESCOLA E SEUS SENTIDOS os eixos temáticos: Os sentidos da formação de professores; Os sentidos das diferenças na escola; Os sentidos dos currículos praticados; Os sentidos das tecnologias na escola.

A função dos Institutos, Colégios e Escolas de Aplicação como espaços de formação de professores e de oferta de Educação Básica, articulada aos pilares da Universidade, a saber: ensino, pesquisa e extensão se inserem também no que propõe a nona edição do Simpósio Educação e Sociedade Contemporânea do CAp-UERJ, pois contribuem para refletirmos sobre o cotidiano da formação docente e da escola. 

 

Programação 

 4 de setembro (5ª feira)

12h às 13h45 – Credenciamento

14h – Abertura

14h15 – Conferência de Abertura –Tema: A ESCOLA E SEUS SENTIDOS

16h30 – Coral do CAp-UERJ

5 de setembro (6ª feira) 

9h – Credenciamento

9h30 - Mesa Redonda - SENTIDOS DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES E CURRÍCULOS

11h30 às 13h – Almoço

13h – Encerramento do credenciamento

13h às 15h – Apresentações de trabalhos (sessões simultâneas)

15h – Cafezinho e conversas

15h15 às 17h15 – Apresentações de trabalhos (sessões simultâneas)

6 de setembro (Sábado)

8h30 - Mesa Redonda - TECNOLOGIAS E DIFERENÇAS NA ESCOLA

10h30 - Cafezinho e conversas

10h45 às 12h45 - Apresentações de trabalhos (sessões simultâneas)

 

Para mais informações acesse o site

 

 

 

 

 

 

 

Pesquisadora do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, Alessandra Teixeira fala sobre da criminalização das manifestações anti-copa para o Instituto Pólis

Há menos de uma semana da abertura dos jogos da Copa do Mundo nos perguntamos se veremos as mesmas imagens da Copa das Confederações. As manifestação irão acontecer, mas será que o governo e a polícia estão mais preparados?

IV Colóquio Luso - Brasileiro de Sociologia da Educação

O IV Colóquio Luso-Brasileiro de Sociologia da Educação acontecerá nos dias 19, 20 e 21 de Junho, no Porto em Portugal. O tema do evento será "Entre crise e euforia: práticas e políticas educativas no Brasil e em Portugal"

Programação:

IV escola de pós-graduação da rede INJU

As atividades da IV escola de pós-graduação da rede INJU aconteceram nos dias 28, 29, 30 de abril e 01 e 02 de maio no México. Durante esses dias a programação contou com seis palestras e com a presença de diversos pesquisadores, Dr. Martín Hopenhayn, Dr. José Manuel Valenzuela, Rossana Reguillo, Dr. Carles Feixa, Dra. Orlandina de Oliveira e Dra. Lucina Jiménez.

Relatório Indicadores de Desenvolvimento Brasileiro 2001-2012 revela que Brasil eleva escolaridade e qualidade

Na última terça - feira foi divulgado, em Brasília, o relatório Indicadores de Desenvolvimento Brasileiro 2001-2012. A pesquisa revela que o brasileiro tem estudado e aprendido mais. 

Pesquisa destaca violência contra negros no Brasil

Pesquisa apresenta dados sobre violência contra negros. No estudo divulgado pelo Ipea, em Alagoas a expectativa de vida de homens negros diminuiu em 4 anos enquanto entre não negros a perda é de três meses e meio. A pesquisa analisa em que medida os índices de mortes violentas estão relacionados com as diferenças  socioeconômicas.

Mapa da Violência: Homicídios e Juventude no Brasil

Mapa da Violência: Homicídios e Juventude no Brasil apresenta diagnóstico da violência contra jovens. 

Ministra Luiza Bairros participa de reunião em Brasília

No dia 29/04/2014 a Ministra Luiza Bairros participou de uma reunião do Colégio Nacional dos Procuradores Gerais dos Estados e da União em Brasília. Com preocupação a Ministra aborda os numerosos casos de violência contra a juventude negra e destaca os últimos casos de agressão que repercutiram na mídia nacional e internacional, como os casos do pedreiro Amarildo de Souza, de Cláudia Silva e do dançarino Douglas Rafael.